Grupo de trabalho analisa diagnóstico de práticas de sustentabilidade em gestão da cadeia de valor

A partir dos resultados dessa etapa de diagnóstico, ISCV avançará em 2015 no desenvolvimento de ferramentas de apoio à gestão de fornecedores orientada para a inovação e sustentabilidade 29/10/2014
COMPARTILHE

Bruno Toledo
 

O projeto Inovação e Sustentabilidade na Cadeia de Valor (ISCV) deu continuidade aos esforços de apoiar políticas e práticas de sustentabilidade na gestão de fornecedores de grandes empresas com mais um encontro do Grupo de Trabalho (GT) sobre o tema, realizado no último dia 08.

O objetivo do GT é desenvolver ferramentas que facilitem a inclusão de atributos de sustentabilidade nas compras corporativas, de forma a induzir a cadeia de valor das empresas para práticas mais inovadoras em sustentabilidade. As atividades do GT de Gestão de Fornecedores de ISCV conta com o apoio dos pesquisadores dos programas Consumo Sustentável e Inovação na Criação de Valor, do Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV-EAESP (GVces), responsável pelo projeto.

3º encontro do GT de Gestão de Fornecedores do Ciclo 2014 do projeto ISCV (08/10/2014)

Neste encontro, os participantes retomaram a análise das respostas dadas pelas empresas a um questionário de diagnóstico encaminhado em abril passado. A equipe de ISCV havia encaminhado anteriormente a cada empresa membro uma análise individual, com informações comparativas entre as respostas e o resultado consolidado do grupo. Nesta etapa do processo, as empresas foram convidadas a refletir sobre as diferentes formas de analisar e utilizar as informações geradas pelo diagnóstico, construindo possibilidades de atuação frente às realidades específicas de cada organização.

“O material desenvolvido para cada empresa participante é uma referência para a reflexão sobre as políticas, processos e práticas da organização e pode ser uma fonte relevante de informações para a identificação e planejamento de ações a serem desenvolvidas por cada uma delas nos aspectos abordados pelo questionário”, explica Maurício Jerozolimski, pesquisador do GVces e do projeto ISCV. “A partir da análise de cada um dos diferentes blocos de informação, é possível identificar e definir prioridades e possibilidades de atuação”.

Partindo desse diagnóstico e tendo como referência um modelo trabalhado no próprio GT, que detalha as diferentes dimensões e aspectos que devem ser considerados na integração de sustentabilidade à gestão e ao relacionamento com fornecedores, o próximo passo do GT, a ser desenvolvido no decorrer de 2015, será a construção de instrumentos que apoiem as empresas nesses processos no cotidiano. Já nesse encontro de outubro, as empresas iniciaram um levantamento de elementos que orientarão a elaboração de um protocolo para desenvolvimento de instrumentos voltados à avaliação de riscos em suas cadeias de suprimentos.

3º encontro do GT de Gestão de Fornecedores do Ciclo 2014 do projeto ISCV (08/10/2014)

O projeto ISCV promoverá, junto com as demais Iniciativas Empresariais do GVces – Plataforma Empresas pelo Clima (EPC), Iniciativa Desenvolvimento Local e Grandes Empreendimentos (ID Local), e iniciativa Tendências em Serviços Ecossistêmicos (TeSE) –, um fórum no final de novembro, aonde apresentará um panorama dos resultados das atividades do Ciclo 2014 (GT Gestão de Fornecedores e agenda conjunta com ID Local sobre Inovação em Desenvolvimento Local). Posteriormente, o GT publicará um artigo retomando o propósito e contexto de sua atuação e detalhando os produtos e resultados já alcançados pelo grupo até o momento.

Fotos: Yantra